Skip to content

Digitalização de aparelho de Raio X

[rank_math_breadcrumb]

Digitalização de aparelho de Raio X

O SURGIMENTO DA DIGITALIZAÇÃO DE APARELHO DE Raio X

O sistema digitalização de aparelho de Raio X ocorreu somente nestas últimas décadas seguindo e utilizando as evoluções tecnológicas. Na realidade, só foi possível chegarmos a este estágio de evolução dada as descobertas realizadas abaixo e a sua junção.

 

 

1º evento para digitalização de aparelho de Raio X:

Invenção do Raio X em novembro de 1895, pelo físico alemão Wilhelm Conrad Rontgen, durante experiência com raios catódicos, foi a 1ª etapa para criação da digitalização de aparelhos de Raio X. A descoberta na realidade foi feita quase que por acaso quando o físico estudava este experimento com sua esposa.

2º evento para digitalização de aparelho de Raio X:

Invenção do computador. O primeiro computador eletromecânico foi construído por Konrad Zuse (1910–1995). Em 1936, esse engenheiro alemão construiu, a partir de relês que executavam os cálculos e dados lidos em fitas perfuradas, o Z1 que teve sua evolução até chegar na digitalização de aparelhos de raios x. Em seguida surgiu o Eniac que foi o 1º computador de fato utilizando relés, e que quando ligado quase derrubava as instalações da cidade onde estava instalado, dado o consumo de energia do mesmo.

3º evento para digitalização de aparelho de Raio X:

Invenção do Transistor. O transistor é um componente eletrônico que começou a popularizar-se na década de 1950, tendo sido o principal responsável pela revolução da eletrônica na década de 1960. São utilizados principalmente como amplificadores e interruptores de sinais elétricos, além de retificadores elétricos em um circuito, podendo ter variadas funções. Com o Transistor foi possível a miniaturização dos computadores que são utilizado hoje na digitalização de aparelhos de Raio X.

4º evento para digitalização de aparelho de Raio X:

Invenção dos sensores CCD (Charged Coupled Device) e CMOS (Complementary Metal Oxide Semicondutor), que são os dispositivos de captura de imagens para digitalização de aparelho de Raio X.

TECNOLOGIA DO Raio X

Com a junção destas tecnologias e avanço das estruturas mecânicas e de projetos, o Raio X torna-se possível através da união destas tecnologias viabilizando a digitalização de aparelho de Raio X.

O conjunto de digitalização de aparelho de Raio X tem além de sua estrutura mecânica, uma ampola de Raio X que se originou do 1º evento, com um sistema computadorizado (evento 2º) que recebe as imagens de uma base que lê através da tecnologia (do 4º evento) . Todos os equipamentos utilizam componentes evoluídos do (3º evento).

Para saber mais sobre Digitalização de aparelho de Raio X

Ligue para (11) 4612-1040 ou clique aqui e entre em contato por email.

Open chat
Atendimento Online!