Skip to content

Digitalização de mamografia

[rank_math_breadcrumb]

Digitalização de mamografia

AS TECNOLOGIAS DA DIGITALIZAÇÃO DE MAMOGRAFIA

A mamografia digital é uma técnica radiológica de recente introdução no Brasil onde a digitalização da mamografia foi a primeira na América Latina. A digitalização de mamografia é uma tendência sem retorno e substituirá a mamografia analógica por suas vantagens, melhorando a detecção precoce e o diagnóstico radiológico do câncer de mama.

Vale salientar, diferenças distintas da digitalização de mamografia utilizando a tecnologia (CR- radiografia computadorizada) para digitalização de mamografia na tecnologia (DR- radiografia digital). Cada uma das tecnologias tem características específicas que devem ser atentamente estudadas antes da conclusão e do investimento.

 

 

Na digitalização de mamografia por DR, a imagem é obtida em Raio X em aparelho especialmente desenhado para este fim: o detector é individual para o equipamento e a imagem obtida é digital e não “escaneada” como na digitalização de mamografia por CR. Este tipo de digitalização de mamografia permite incorporar novas tecnologias como a tomossíntese.

Porém deve-se atentar a um cuidado importante em relação a tecnologia e durabilidade do flat panel (detector). A base constitutiva deste equipamento é selênio amorfo que é extremamente sensível a mudança de temperatura. Então para que o sistema esteja protegido, precisa se ter um controle contínuo sobre a temperatura da sala em que o equipamento ficará instalado.

A temperatura adequada para um sistema de digitalização de mamografia deve ser menor que 25 graus. Sendo o Brasil um país tropical com temperaturas médias acima disto, dependendo da região do país, este é um cuidado que deve ser dobrado para garantir a durabilidade do sistema.

CUSTO DO EQUIPAMENTO

O custo é outro ponto onde o DR tem uma desvantagem. Ainda hoje, o custo deste equipamento é muito alto. A recomendação deste equipamento é dada para instalações onde a volumetria é extremamente alta, ou seja, onde se tem um potencial de mais de 60 exames por dia, o que é limite de exames para um mamógrafo convencional.

Como o exame é rápido, a produtividade da digitalização de mamografia utilizando DR é muito superior e pode pagar o investimento para produtividade superior rapidamente.

Na digitalização para mamografia por CR, a imagem é obtida em um aparelho de radiologia convencional e capturado pelo cassete que tem tecnologia digital. Este cassete recebe a imagem obtida pelo Raio X convencional que depois é “escaneado” em um “scanner” apropriado, sendo então obtida uma imagem da digitalização de mamografia.

Para saber mais sobre Digitalização de mamografia

Ligue para (11) 4612-1040 ou clique aqui e entre em contato por email.

Open chat
Atendimento Online!