Skip to content

Digitalizador para mamografia

[rank_math_breadcrumb]

Digitalizador para mamografia

DIGITALIZADOR PARA MAMOGRAFIA SURGIMENTO

Em 1913, Albert Salomon da universidade de Berlin concluiu que seria necessário um método diferenciado para este tipo de estudo ao invés do Raio X convencional., iniciou-se então, desde esta época um processo de estudo diferente para mama. Diversos métodos e equipamentos foram criados, com o intuito de cada vez mais, aproximar-se de um diagnóstico mais preciso, culminando hoje no digitalizador para mamografia.

 

 

O sistema de écran-filme, associado a um equipamento específico para o exame e a gravação da imagem na película através de reações de agentes químicos, até hoje, vem sendo o método mais utilizado para o exame da mama, e em tempos de tecnologia, o digitalizador para mamografia é o avanço mais recente.

No período de 2003 a 2005, o ACR (American College of Radiology) dirigiu um estudo realizado em 33 locais divididos entre os Estados Unidos e o Canadá, submetendo um total de 49.528 mulheres assintomáticas a realizar um exames em ambos os sistemas – Convencional e num digitalizador para mamografia – com interpretação independente de dois médicos, um para cada exame, com a finalidade de comparar a eficácia do sistema convencional e do digitalizador para mamografia.

A conclusão do estudo utilizando digitalizador mamografia mostrou maior precisão diagnóstica em mulheres abaixo da idade de 50 anos, mulheres com mamas densas e mulheres em período pré-menopausal ou peri-menopausal, sem levar em consideração o pós-processamento das imagens no digitalizador para mamografia.

AS PRINCIPAIS VANTAGENS LEVANTADAS NO ESTUDO DO DIGITALIZADOR PARA MAMOGRAFIA FORAM:

  • Diminuição de técnica (kV/mAs) em torno de 25% (em alguns sistemas) para o digitalizador para mamografia. Como é sabido, quanto menor a incidência, menor o risco de desenvolvimento de câncer. Esta é uma importante evolução no sentido de expor o paciente a menor dose e menor tempo de exposição.
  • Menos exposição aos efeitos nocivos e cumulativos (mAs) do (a) paciente, Tecnólogo/Técnico e maior durabilidade da ampola no digitalizador para mamografia. Este fator é muito importante aos profissionais que utilizam o equipamento diariamente e ficam expostos aos riscos do mesmo.

São efeitos importantes que trazem maior segurança ao paciente utilizando um digitalizador para mamografia.

Existem 2 tipos de tecnologia no digitalizador de mamografia. A tecnologia de aquisição por escaneamento chamada de CR e aquisição direta chamada DR.

Para saber mais sobre Digitalizador para mamografia

Ligue para (11) 4612-1040 ou clique aqui e entre em contato por email.

Open chat
Atendimento Online!